"Nascer, morrer, renascer ainda e progredir continuamente, esta é a Lei."

Chocolate Fraterno


A Escola Jesus Cristo convida a todos para o seu Chocolate Fraterno, a se realizar no dia 11 de agosto de 2018, às 18h, no Teatro Casimiro Cunha.

Será um momento de alegria e comunhão entre irmãos!

Os convites estão à venda com as irmãs Márcia, Henriqueta e Teresa (Livraria Cícero Pereira), pelo valor de R$ 25,00.

Toda a arrecadação será revertida para as obras beneficentes da instituição.

(confirmação não obrigatória)



Alexandre Vaz Pereira


A Escola Jesus Cristo convida a comunidade espírita de Campos para a palestra pública de Alexandre Vaz Pereira, a se realizar no domingo, dia 08 de julho de 2018, em nossa sede.

Nascido a 13 de maio de 1973, em Nova Lisboa (Angola), Alexandre reside na cidade de Aveiro, Portugal.
Urbanista de profissão, Licenciado em Planejamento Urbano, pela Universidade de Aveiro, com especialização feita na Universidade de Nyjmegen, Holanda.
Para além disso é crítico de ópera, escrevendo artigos de opinião.
Dirigente do Centro Espírita Nosso Lar, é palestrante e dirige as atividades de estudo.

Voluntariado

"A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Peçam, pois, ao Senhor da seara que envie trabalhadores para a sua seara".

Mateus 9:37-38

Eis aqui uma excelente oportunidade a todos aqueles que desejam participar de algum serviço voluntário da Escola Jesus Cristo. Observe o "Quadro de Vagas" e venha trabalhar pelo próximo, como Jesus nos ensinou.


VAGAS PARA ADMISSÃO IMEDIATA:
  • Creche Salvadora Assis - Auxiliar
  • Classes infantis - Professor de Evangelho
  • Serviço de Costura
  • Sopa Dona Mariquinhas - Auxiliar

VAGAS PARA CADASTRO DE RESERVA:

INSTRUTORES / PROFESSORES DAS SEGUINTES ÁREAS:
  • Corte e costura
  • Hotelaria / taifa
  • Culinária (doceria, salgaderia)
  • Cuidador de idosos
  • Babá
  • Bordado
  • Pintura em tecidos
  • Maquiagem
  • Cabeleireiro feminino e masculino
  • Jardinagem
  • Violão / teclado
  • Inglês básico
  • Espanhol básico
  • Esperanto
  • Alfabetização de adultos
  • Teatro
Todas as vagas estão de acordo com as CLTD
(Consolidação das Leis do Trabalho Divinas)

Carta do Pastor Benjamim Cezar à Escola Jesus Cristo

Carta do Pastor Protestante Sr. Benjamim L. A. Cezar, da Igreja Cristã Presbiteriana do Brasil.



“Campos, 27 de outubro de 1939.

A Escola Jesus Cristo,

Meus prezados amigos, não sou espírita nem aceito muitas das crenças que sustentais e propagais. Este fato, porém, não inibi que entre vós e mim se estabeleça espontaneamente certa corrente espiritual. Chegastes para mim pelo contato amistoso e fraternal de Clóvis Tavares. E eu me aproximei de vós, indo, três vezes, falar-vos na vossa antiga casa, sobre verdades da Bíblia comum ao vosso como ao meu sistema. Tudo, vi-vos, observei-vos de perto, conheci-vos e passei a amar-vos. Daí, esta comunhão de sentimentos e de afetos, que conto como duradoura, embora continueis vós a crer em doutrinas que eu não admito e insista eu admitir verdades em que vós não credes. Já há muito ouvia falar de vós e há muito desejava visitar-vos. Quando realizei a segunda visita, verifiquei "de visu"* o alcance de vosso trabalho. Obra espiritual, educativa, intuitiva, de filantropia, de fraternidade, de tolerância; cheia de amor, de consagração, de entusiasmo; em que o misticismo se confunde com a atividade, a prece com o trabalho, a crença com um programa social – essa obra só podia constituir a irradiação necessária, inevitável, de almas sinceras e idealistas. E porque o foi, vós, em tão pouco tempo, crescestes, vós desenvolvestes, vós implantastes em Campos, fizestes milagres. Se colimardes estes mesmos ideais, que não será o vosso trabalho daqui a cinco, a dez anos? Simplesmente grandioso! Hoje inaugurais vossa casa própria. Casa, que será para vós, e para os pobres e infelizes. Compartilhando da vossa alegria, gostaria de saudar-vos a viva voz, satisfação e honra que não posso conceder-me em virtude de compromissos inadiáveis. “Então lhes disse: “Quem receber esta criança em meu nome, recebe-me a mim; e quem me recebe a mim, recebe o que me enviou; porque aquele que entre vós for o menor, esse será o maior”. (Lc 9:48; Mt 18:5).

Cordialmente,

Benjamin L. A. Cezar
Ministro da Igreja Presbiteriana do Brasil

*“De visu” – expressão em latim que significa testemunha do fato, ou pessoa que presenciou o fato.

Obs.: Nesta data (27/10/1939), ao completar 4 anos de sua fundação, a Escola Jesus Cristo inaugurou a sua sede própria e definitiva, situada na rua dos Goitacazes no 177, adquirida por sua Diretoria com a colaboração de amigos em julho do mesmo ano; conforme Ata no 65 de 21 de julho de 1939.

Irmã Aíla na Escola em janeiro


Em janeiro de 2018 receberemos em nossa Escola a Irmã Aíla Pinheiro Andrade. Filósofa pela Universidade Estadual do Ceará, doutora em Teologia e membro do grupo de religiosas do Instituto Nova Jerusalém, em Fortaleza-CE, irmã Aíla, como é carinhosamente chamada, tem se destacado como especialista nos chamados Manuscritos do Mar Morto e nas Cartas de Paulo.

A Irmã Aíla esteve em nossa Escola em julho de 2016, quando falou sobre as Cartas de São Paulo e sua pregação está disponível abaixo através da Rádio Escola Jesus Cristo.



Nos dias 26 e 28 de janeiro de 2018, às 20h e às 10h, respectivamente, receberemos, com muita alegria, nossa irmã para mais duas palestras em nossa Escola.

O Homem-psi

Até alguns anos atrás, tínhamos uma concepção de um Homem espiritual e a sua contraposição no conceito de um homem-animal. Havia uma antropologia espiritualista e, do lado oposto, uma antropologia materialista.

O avanço das pesquisas científicas, no campo do conhecimento do Ser, levou a uma solução do dilema Espiritualismo x Materialismo. O homem psicológico  de antes não pode mais hoje se restringir a rede animal dos sentidos convencionais. Teve, obrigatoriamente, que se abrir ao extra-sensorial, da mesma forma como o universo físico se ampliou no universo Energético.

O homem-psi é uma miniatura da nova concepção de universo. Além de tudo, a própria  concepção de energia mudou, ampliou-se. O homem-psi atual não destrói o homem-psicológico, mas o amplia da mesma forma que  o conceito universo físico foi superado pelo conceito de universo Energético.    A psique ou alma não é mais uma entidade meramente metafísica ou teológica nem um simples resultado das atividades bioquímicas do corpo. A alma passou a ser a mente, um elemento extrafísico do Homem, capaz de sobreviver à morte biológica e suscetível a investigação científica em laboratório.

Na universidade de Cambridge, o professor Whately Carington, formulou uma teoria post-mortem e Harry Price da Universidade de Oxford, afirma que a mente humana sobrevive após a morte e continua  sendo capaz de transmitir telepaticamente.

Embora haja parapsicólogos comprometidos com instituições religiosas, muitos são independentes, portanto livres para investigar. Assim, dentre as investigações mais significativas citaremos as do Prof. Pratt da Duke University dando origem à classificação de um novo tipo de fenômeno paranormal, denominado teta - oitava letra do alfabeto grego, com a qual se escreve Tanathos, que significa morte. Quaisquer contatos com mentes que sobrevivem a morte estão inseridos nesse estudo.

Outro grupo de fenômenos pesquisados são os relacionados com a existência de vidas passadas (reencarnações), investigados em mais de 2000 (duas mil) crianças que se recordavam, espontaneamente, de suas existências anteriores, um trabalho minucioso do Prof. Dr. Ian Stevenson da Universidade da Virgínia. Semelhante ao do Prof. Banerjee, da Universidade de Jaipur na Índia. Trata-se de MEC, memória extracerebral. Trabalhos rigorosíssimos e cercados de inúmeros cuidados.

Na Rússia, Dr. Vladimir Raikov também investigou a MEC, embora considere como sendo fenômenos obtidos por alguma forma de sugestão hipnótica, os denominou de "reencarnações sugestivas".

Essas informações nos levam a crer que há uma tendência dos grandes grupos de parapsicologia do mundo em aceitar a possibilidade da "tese da sobrevivência da mente humana" após a morte biológica, principalmente o grupo ocidental. O casal Rhine da Duke University chega a dizer que, além da mente ser extrafísica, sobrevive a morte física e, após a morte biológica, é capaz de transmitir comunicações telepáticas.

Atualmente, a Telepatia, clarividência, precognição (premonição), psicocinesia (ação da mente sobre a matéria) estão comprovadas em laboratório. Sobrevivência após a morte, e reencarnação? As comprovações laboratoriais estão a caminho. Como pessoas ligadas à ciência, importante que tenhamos bom-senso e equilíbrio. Nem nos exaltarmos em voos com asa de cera, tal qual Ícaro que teve suas asas derretidas sob o sol, nem colocarmos chumbo nas asas do espírito. A visão independente dos fenômenos paranormais nos faculta abrir os olhos diante do sol do esclarecimento que nos traz inúmeras informações das escolas europeias e norte-americanas.

A alma ou Espírito deixa de ser do outro mundo, passa a se integrar neste mundo. Gradativamente, o preconceito científico que embaraça as investigações vem reduzindo de intensidade. Ao mesmo tempo, se reduz o preconceito religioso que se recusa a aceitar a investigações científicas sobre questões espirituais.

Ricardo Di Bernardi

Médico pediatra e homeopata. Palestrante e escritor espírita. Presidente do ICEF - Instituto de Ciências Espíritas de Florianópolis